segunda-feira, 23 de maio de 2016

Eis que o ótimo Fhabyo Matesick nos escreve:

Salve mano veio, lançamos na semana passada o Projeto Dedica - Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes, capitaneado pela Associação dos Amigos do Hospital de Clínicas, a qual vou VP de mkt voluntário. O Dedica, durante 12 anos, foi feito dentro do hospital de clínicas por voluntários comandados pela Dra Luci Pfeiffer, a maior estudiosa do assunto no brasil. Dedicado ao estudo e tratamento de crianças e adolescentes que sofrem abuso grave ou gravíssimo, o Dedica virou um projeto maior e agora vai poder operar em espaço próprio, com os 10 voluntários contratados e com carteira assinada pela AAHC. Os casos são sérios e assustadores e o Dedica vai ser o único núcleo do sul do país dedicado a essa atendimento.

 Vamos lançar o tema para a sociedade a partir de uma violência que está perto de todos nós, mas que muitas vezes não vemos: a violência digital. Quantos de nós não somos intimados diariamente por nossos filhos para que larguemos o celular e prestemos atenção neles? Ou quantas vezes não nos deparamos em restaurantes com bebês sendo acalmados por tablets e celulares? Uma prova disso é que, segundo pesquisa da AVG Technologies, que 63% das crianças entre 3 e 5 anos conseguem jogar algum tipo de jogo eletrônico, seja no celular, no tablet ou computador, mas apenas 14% consegue amarrar seus sapatos. Vale pensar nisso. A campanha é colaborativa, estou enviado dois posts para vcs para que vejam qual a nossa linha e como podem participar, compartilhando com seus grupos ou mesmo postando em suas redes sociais. Esse tema está mais perto do que imaginamos, porém ninguém sabe o tamanho dos danos que ele poderá causar. Leve essa mensagem adiante e, quem sabe, em breve a sociedade poderá inserir em sua pauta esse tema tão importante para nós e nossos filhos.