sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Belo Texto

Eu também aprendi que podemos sentir saudade, sem necessariamente, querer alguém de volta, porque aquela ferida que dói e não se sente, às vezes insiste em se fazer presente.


http://www.resilienciamag.com/desculpa-mas-eu-tive-que-ir/