sábado, 31 de março de 2018

Eliane Brum, Perfeita


Esse trem que o Geraldo Alckmin/PSDB inaugurou neste sábado (31/3) em São Paulo é um escândalo, uma vergonha absoluta. Além dos 14 anos de atraso, é a prova que os interesses privado$ se sobrepõem aos públicos na administração do PSDB, há 24 anos no governo do estado de São Paulo e agora também na prefeitura de São Paulo.
A estação se chama Aeroporto, mas ninguém vai conseguir chegar ao Aeroporto de Cumbica. Carregando suas malas, o cidadão convertido em idiota vai ter que cruzar uma passarela e ainda pegar um ônibus. Custou R$ 2,3 bilhões - e para não chegar ao Aeroporto. Era para desembarcar do trem próximo ao check-in, mas "a concessionária decidiu construir um shopping no local da estação". Era para ter ficado pronto em 2004, não ficou. Depois foi anunciado para a Copa de 2014. Vai ficar pronto para a Copa da Rússia.
E tudo segue sem maiores protestos...
Esse trem que não chega é uma metáfora do Brasil. Com muito atraso, quase alcança. Mas os interesses privados de empresas, aliados aos interesses privados de políticos que não mereciam ser eleitos mas são, soterram o interesse público e o bem coletivo, interrompendo o percurso. E que cada um se vire para carregar suas malas.