quarta-feira, 18 de abril de 2018

Vale a Leitura

“Se nós não estivermos presentes [na revolução], eles aprontam a República. Se queremos que tudo continue como está, é preciso que tudo mude. Fui claro?”

http://trivela.uol.com.br/mudar-para-que-continue-tudo-como-esta-como-um-classico-da-literatura-explica-eleicao-na-cbf/