domingo, 22 de abril de 2018

Via Ju Biancato e Adriane Garcia

Ter coragem de desagradar, e mesmo romper, é uma grande conquista da liberdade. Aquele que só agrada, e que evita a todo custo os rompimentos, torna-se um escravo.